Google
Uma Baita Jogada: Todos de olho

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Todos de olho

Um evento repleto de atrações é destaque no Estádio Olímpico, às 19 horas desta terça-feira. O lançamento do uniforme gremista da temporada 2008, em espaço ao lado da GrêmioMania, seria normal. Seria, caso não houvesse novidades. Mas há. E muito interessantes.

A primeira delas não é, simplesmente, o lançamento da nova camisa Tricolor. Mais do que isso. A camisa já está sendo vendida pela GrêmioMania e no Site Oficial ao preço de R$ 159,00. Os 100 primeiros gremistas que comprarem a peça receberão gratuitamente um convite para a festa. Mas a estratégia do Marketing Gremista foi de não divulgar nada sobre como será o modelo do uniforme. Ou seja, os torcedores estão comprando às cegas. Genial. Toda a atenção está sendo captada a esse uniforme, que, certamente, será aprovado pela torcida. O Vice-Presidente César Pacheco adianta: “Será uma das camisas mais vendidas no mundo”.

Outra certeza é que será um belíssimo evento. Literalmente. Duas lindas celebridades estão confirmadas na passarela: a nova torcedora gremista, Deborah Secco, atriz global e namorada do jogador Roger, e a Miss Brasil 2008, Natália Anderle. As duas devem fazer com que muitos fãs se dirijam ao Olímpico.

Essa é a outra novidade. A presença dos torcedores. Os gremistas que quiserem acompanhar a apresentação, que será ao ar livre, podem adquirir ingresso mediante doação de um quilo de alimento não perecível – exceto sal. O que for arrecadado será entregue ao Programa Mesa Brasil, do Sesc.

É uma atração melhor que a outra, proporcionadas pela Diretoria do Grêmio. Um evento desses com a participação do torcedor, com a presença de duas belas modelos, de cunho social. E, o principal: a apresentação do novo fardamento Tricolor, que ainda não é conhecido e que está gerando grande expectativa junto à torcida.

O uniforme, produzido pela quarta temporada pela Puma, estreará oficialmente contra o São Paulo, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro.



Imagem: gremio.net

8 comentários:

Carlão Azul disse...

Bacana, um grande time tem mesmo de fazer festa pra lançar sua nova camisa, é realmente um evento marcante...

Saudações Celestes
AQUI TEM NOTÍCIAS
AQUI TEM DISCUSSÃO: Mão Cheia e as coisas nos seus devidos lugares em Minas novamente!!!
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

Leandrus disse...

O preço das camisas, como sempre, uma facada completa...

Diogo Ferreira disse...

O Lançamento de uma camisa é sempre um evento bacana,porém, é um saco nunca ter a camisa do Ano poderia haver isso durante 2 em 2 anos =) para gente poder juntar $$.

O preço da camisa é sempre uma facada concordo com Leandrus. Fiquei sabendo que na Europa os camelôs vendem camisa oficial poderia ocorrer isso no Brasil óbvio com preço mas em conta.
A Deborah Secco torce aonde o Roger está, certíssimo, afinal, tem que torcer pro namorado né?!

www.ConfionoMengao.blogspot.com

Aproveito para agradecer a sua visita ao meu Blog. =)

Vinicius Grissi disse...

Bacana o evento feito pela diretoria. Semelhante ao que fez a diretoria do Palmeiras, quando do lançamento da camisa "marca texto".

Os torcedores compravam sem saber como seria a camisa, e os que adquiriram tiveram a oportunidade de tirar uma foto no palestra e guardar como recordação.

Muito bacana!

Diego Louzada disse...

Grande jogada da diretoria do Grêmio e a camisa tem que ser realmente muito bonita para a torcida suportar o asno do Amaral vestindo.

Daniel Leite disse...

Apesar do preço estratosférico, legal! A jogada de marketing é interessante. O uso das beldades e o mistério da camisa serão rentáveis demais, apesar da fase ruim do Grêmio.

Até mais!

bruno bier disse...

PS: fase péssima.

Felipe Hammes Rodrigues disse...

Carlão, ainda mais com a presença da torcida. Esses são os maiores interessados. Parabéns ao Grêmio pela sacada.

É complicado, Leandrus. Os falsificadores agradecem. Por que não criar um modelo "torcedor", de material não tão bom quanto o oficial e com um preço bem menor?

Diogo, muito interessante. Realmente, têm muitos torcedores que gostam sempre de ter o uniforme atual de seu Clube de coração. Pense comigo: se você der esse intervalo de tempo, as vendas têm uma tendência a diminuir, pois a maioria já terá. Acho que está certo como é hoje. Cabe aos Clubes elaborar promoções para atrair seus torcedores. O Inter, por exemplo, dedica uma data do ano ao chamado "Dia da Troca", onde os Colorados levam uma camisa antiga, mais uma cesta básica (adquirida no local) e pagam mais um valor e trocam por uma camiseta atual.

Quanto à Deborah, tenho certeza de que os Gremistas têm orgulho em ter uma bela e entusiasmada torcedora como ela.

Muito bem, Vinicius. A estratégia foi a mesma. E a do Palmeiras muito mais ousada, pois se tratava de uma "radicalização" no uniforme. Como vemos hoje, teve total aprovação.

Diego, seu comentário, como torcedor do Vasco, é extremamente oportuno. Muito obrigado.

E que beldades, Daniel! Em relação à camisa, como afirmo no meu próximo texto, a primeira impressão não foi das melhores. Esperar para ver o que acontecerá.

Bruninho, hahahaha! A fase não é das melhores, mas a perspectiva é melhorar para o Brasileirão com a chegada de reforços, como o conhecido do Tricolor, o meia Tcheco, o volante Amaral, ex-Vasco, e a possível contratação de Makelele (o brasileiro, obviamente).

Muito obrigado pela participação de todos!